Coluna Top Social!

Coluna Top Social!
Coluna Domingo Top no Jornal Extra!

segunda-feira, 6 de março de 2017

AJE/MA, por meio do Conselho Feminino, celebra a data e reflete sobre o papel da mulher no mercado

A Associação dos Jovens Empresários do Maranhão (AJE/MA), por meio do Conselho Feminino, vai comemorar na próxima terça-feira, 7, o Dia da Mulher durante a reunião geral da entidade na pizzaria Maggiorasca, no Calhau. Na ocasião, acontece a palestra empreendedora com a diretora administrativa da Empresa Transul Transporte, Rita Fátima Moreira Reche. O encontro acontece a partir das 19h.

O Dia da Mulher, celebrado em 8 de março, serve, também de reflexão sobre o papel feminino no mercado de trabalho. Embora a presença da mulher venha crescendo no comando de negócios próprios, o número ainda é pequeno se comparado à presença masculina.

"O empreendedorismo feminino no Maranhão vem ganhando muita força na economia local, principalmente porque essas empreendedoras estão sendo muito estimuladas por algumas entidades", comenta a presidente do Conselho Feminino da AJE, Dayane Robledo.

Por outro lado, vale apontar que, atualmente, as mulheres representam apenas 29% das pessoas que empreendem no Brasil, frente aos 71% da faixa masculina, segundo levantamento "Perfil do Jovem Empreendedor Brasileiro", desenvolvido pela Confederação Nacional dos Jovens Empresários (Conaje), em parceria com a Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Outro aspecto apontado por Dayane Robledo, e que muitas vezes aparece de forma velada, é o preconceito contra as empreendedoras. De acordo com ela, essa discriminação é infundada, já que, gradualmente, as empreendedoras têm demonstrado seu potencial em seus campos de atuação, áreas estas que são as mais diversas.

"As mulheres maranhenses vêm se destacando não só nos setores primários e secundários, como também em serviços como moda, estética, alimentação, e outros, que vêm proporcionar postos de trabalho. Podemos constatar que o empreendedorismo feminino no Maranhão tem sido uma das alternativas do crescimento regional", aponta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO.