Coluna Top Social!

Coluna Top Social!
Coluna Domingo Top no Jornal Extra!

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Fórum Mundial da Água

O evento é promovido pelo Conselho Mundial da Água, criado em 1996 e composto por mais de 50 países. O órgão, que tem sede em Marselha, na França, é presidido pelo brasileiro Benedito Braga, engenheiro e professor da USP.
ÁGUA E SEUS DESAFIOS
O precioso líquido que sustenta a vida merece atenção constante e atitudes sem delongas. A população segue crescendo. E, de forma lamentável, o aumento dos poluentes no ar, nas águas, nas florestas, por toda a parte, não fica atrás. Ora, a disponibilidade de água potável tem um limite, não consente desperdícios. Além disso, há outros problemas complexos a resolver. A própria Paz entre nações depende de medidas acertadas.
Segundo o dr. Benedito Braga, “o Brasil avançou muito nos últimos 10, 15 anos do ponto de vista da gestão dos recursos hídricos. Em 1997, promulgou a Lei das Águas. Em 2000, instituiu a Agência Nacional de Águas. Portanto, é um país que se destaca no cenário internacional, por ter mecanismos de gestão de água bastante modernos, eu diria sofisticados”.
Naturalmente, uma extensão territorial como a nossa comporta também desafios na mesma magnitude. Por exemplo, o Brasil possui 12% da água doce do mundo. “É muita água!”, exclamou o dr. Benedito Braga. Contudo, ele prossegue: “Setenta por cento dessa água está na Amazônia, onde somente 7% da população vive. Então, onde a água está, as pessoas não estão; onde as pessoas estão, a água não está”. E concluiu o professor à apresentadora do programa Biosfera, Jully Anne, da Boa Vontade TV (canal 20 da SKY): “Esse é o grande problema brasileiro que hoje enfrentamos”.
SIMPLES ASSIM: CÉLULAS-TRONCO
Em São Paulo/SP, no dia 6/2, os médicos Adelson Alves e Alysson Muotri receberam mais de 300 convidados, entre médicos, profissionais de saúde de distintas áreas, empresários, escritores e universitários, para o lançamento de “Simples assim: Células-tronco”, cuja capa traz a assinatura de Ziraldo. O livro tem ainda a colaboração dos doutores Andresa Forte, Edilson da Costa Ogeda, Elíseo Joji Sekiya, Telma Ingrid Borges de Bellis Kühn e Wirla Pontes em capítulos complementares.
Aprender conceitos básicos sobre células-tronco com simplicidade e humor é a proposta dos autores, que ilustram “a persistente fascinação do homem pela regeneração e pela vida eterna”.
Fiquei honrado com as dedicatórias que recebi em um exemplar da obra: “Ao dr. Paiva Netto um forte abraço. Elíseo”; “Ao amigo Paiva Netto, um grande abraço do amigo cientista! Parabéns pelo trabalho. Alysson”; “Ao amigo Paiva Netto, com carinho e admiração. Adelson”.
José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO.