Coluna Top Social!

Coluna Top Social!
Coluna Domingo Top no Jornal Extra!

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Leitura infantil: um incentivo para o futuro da Educação


Neste dia 18 é celebrado o Dia Nacional do Livro Infantil. A data é uma homenagem ao escritor Monteiro Lobato.

No Brasil, o maior índice de leitura é registrado pelo público infantojuvenil, segundo dados da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, realizada pelo Instituto Pró-Livro. Um dado relevante que serve de incentivo e alerta sobre a importância da leitura como ferramenta eficiente para um futuro melhor da Educação no país.
O estudo também aponta que entre a população de 5 a 10 anos, o índice alcança a marca de 6,9 livros ano/habitante. Entre a população de 11 a 13, o número chega a 8,6 por ano, enquanto a média nacional chega a 4,7. Incentivá-los desde a infância é um papel preponderante dos pais e responsáveis, além do incentivo no ambiente escolar.
Uma boa leitura mexe com o imaginário e a criatividade da criança, além de gerar conhecimento e novas experiências. Para a diretora da escola da LBV em Belém, PA, Margarida Martins, “o incentivo à leitura proporciona uma troca de conhecimento entre os pequenos. Um dos fatos interessantes é a transmissão de cultura e educação, pois eles trazem também suas vivências e leituras de mundo quando vão interpretar as histórias que puderam ler".

MAIS:
- Galeria de fotos mostra a ação da LBV no incentivo à leitura
A aluna do Instituto de Educação José de Paiva Netto, em São Paulo, SP, Bárbara Izabel, de 9 anos, destaca o seu gosto pela leitura: “Gosto de ler livros de ação, romance, língua portuguesa e amo ler os livros que falam de animais, pois quero ser veterinária quando crescer. A leitura é muito importante pra mim porque eu consigo aprender mais quando leio, além de ajudar minha mãe que estuda quando tem dificuldade em alguma matéria”.
E para este público, o avanço tecnológico tem contribuído e muito. As crianças que nasceram a partir do século 21 já têm à sua disposição a interatividade a seu favor. O papel divide agora espaço com os e-books (livros digitais), que apresentam um novo olhar no momento da leitura. É mais um atrativo para o conhecimento e para a aprendizagem dessa nova geração.

Leitura com Espiritualidade Ecumênica
Em entrevista ao Portal Boa Vontade, o escritor William Luz — autor de livros do Selo Soldadinhos de Deus — ressaltou a importância de escrever histórias que possam enriquecer espiritualmente a vida da criança. “É importante que a leitura passe valores bons às crianças. Nos livros, por exemplo, elas podem ler mensagens ecumênicas de responsabilidade, de amor ao próximo, relacionadas às parábolas de Jesus. São histórias sobre os Evangelhos do Cristo, fábulas, além de atividades lúdicas, como jogo dos sete erros, pinte o desenho, entre outras. Esses livros fazem grande sucesso com a criançada”.

Sobre Monteiro Lobato
Foi em 1921 que o renomado escritor Monteiro Lobato (1882-1948) iniciou sua carreira na literatura infantojuvenil com uma de suas mais famosas obras: Narizinho Arrebitado (que posteriormente se tornaria Reinações de Narizinho).
Ele criou um universo rico em histórias folclóricas, buscando o nacionalismo na ação dos personagens que refletiam na brasilidade, comportamentos com relação à natureza. Em seu legado, além de trabalhar o imaginário e a criatividade das crianças, suas obras incentivam o público infantil a pensar sobre as questões políticas, econômicas e sociais desde cedo.
Boa Leitura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO.