Coluna Top Social!

Coluna Top Social!
Coluna Domingo Top no Jornal Extra!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

NOTÍCIA-CULTURA.

Func abre inscrições para oficina de ritmo e dança do tambor de crioula O projeto “A Murrada do Tambor: Oficina de Ritmo” é voltado para o ensino do toque dos tambores A Fundação Municipal de Cultura (Func), em parceria com o Instituto Guarnicê e o Programa Mais Cultura do Governo Federal, realiza o projeto “A Murrada do Tambor: Oficina de Ritmo”, voltado para o ensino do toque dos tambores, para o público masculino, e de execução da dança, para o público feminino. O projeto contemplará 30 jovens do bairro do Desterro e adjacências, com idade entre 17 e 29 anos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 18 a 22 de julho, das 09h às 12h, na Casa do Bloco Tradicional, na Rua Isaac Martins, ao lado da Func e da Fonte do Ribeirão. A oficina terá dois módulos: o Básico, com carga horária de 12 horas, onde serão trabalhadas noções de cultura, cultura popular maranhense e educação patrimonial; e o Prático, com carga horária de 48 horas, onde serão explanadas noções da manifestação Tambor de Crioula, desde a sua origem, características, instrumentos, matéria-prima, além de ritmo, toque e dança. “O projeto visa divulgar, incentivar e fortalecer o sentimento de pertencimento junto aos jovens dessas comunidades que fazem essa manifestação. Os diversos apelos que a mídia e as novas tecnologias oferecem no dia a dia mudam o foco de suas heranças e tradições, então, o nosso propósito é enfatizar a importância do Tambor de Crioula como um bem cultural”, destacou a coordenadora do projeto e assessora técnica da Func, Lenir Oliveira. As aulas acontecerão no Circo Cultural Nélson Brito, no período de 25 de julho a 26 de agosto, sempre as segundas, quartas e sextas, no horário de 14h às 18h. Tambor de Crioula - O Tambor de Crioula é uma das mais representativas manifestações da cultura popular maranhense. De origem africana, se caracteriza por seu caráter sagrado e profano, realizada durante o ano todo e nos mais diversos momentos festivos, como : Carnaval, São João, aniversários, finalizações de festas (morte de bumba-meu-boi, Divino Espírito Santo, festejos em casas de culto afro, etc.) e pagamento de promessas, principalmente a São Benedito, santo com o qual esta manifestação tem grande relação. Em 2007, o Tambor de Crioula foi reconhecido como Patrimônio Cultural do Brasil, através de seu registro no Livro das Formas de Expressão do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO.