Coluna Top Social!

Coluna Top Social!
Coluna Domingo Top no Jornal Extra!

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS.

Todos os dias a mídia apresenta o terrível quadro da violência, a qual se espalha assustadoramente pelo mundo. A violência se instaurou no seio das famílias, deixando marcas profundas nas gerações que são o futuro da nação. Crianças, mulheres e idosos são as principais vítimas de uma sociedade doente, sem regras e sem amor. A maioria das pessoas sofrem em silêncio, não denunciando o agressor por receio de agravar a situação.
O que fazer? Alguns países têm promulgado leis que favorecem os mais frágeis socialmente. A sociedade precisa diminuir a incidência desse terrível mal. Isso é também um dever moral de cada cidadão.
As estatísticas são alarmantes, segundo a Organização Mundial de Saúde, a violência responde por aproximadamente 7% de todas as mortes de mulheres entre 15 e 44 anos, em todo o mundo. Em alguns países até 69% das mulheres relatam terem sido agredidas fisicamente e até 47% declaram que sua primeira relação sexual foi forçada. Uma pesquisa realizada pela Sociedade Mundial de Vitimologia, com 138 mil mulheres de 54 países, incluindo o Brasil, constatou que 23% das mulheres brasileiras estão sujeitas a violência doméstica. De todos os países da pesquisa, o Brasil é o país que mais sofre com a violência doméstica.
No Maranhão, o disque 180 apresenta 1 denúncia de mulher abusada sexualmente ou violentada a cada 8 horas. Somente em São Luís, 574 registros foram feitos nos últimos seis meses
O Projeto Quebrando o Silêncio chega a sua nona edição e tem o objetivo de conscientizar a população a respeito da violência praticada contra mulheres, crianças e idosos. Em 2010, a ênfase é novamente em relação às mulheres, mas as crianças e idosos não foram esquecidos.
A campanha de 2010 envolve:

· Distribuição, no Brasil, de mais de 400 mil revistas com linguagem apropriada para o público infantil, com orientações sobre os riscos de abuso.

· Distribuição de mais de 200 mil revistas com artigos, estatísticas e dicas práticas, para adultos, também ajudarão no combate a males como a violência doméstica e abuso de crianças e adolescentes.

· Envolvimento de 160 mil alunos da Rede de Educação Adventista no Brasil.

· Palestras, passeatas e carreatas envolvendo mais de 12.493 comunidades adventistas no Brasil com o objetivo de chamar a atenção das pessoas para a necessidade de denunciar os crimes.

· Divulgação da campanha através do site: www.quebrandoosilencio.org

Além destes eventos nacionais, teremos no Norte do Maranhão atividades em 595 comunidades divididas em 44 diferentes pólos, conforme programação descrita abaixo:

* 08 de agosto – Realização de um Chá Beneficente convidando amigos especiais e colaboradores da Igreja para apresentar o Projeto, sua dinâmica e arrecadar fundos para a execução das ações planejadas;

* 01 a 27 de agosto - Divulgação da programação nos meios de comunicação (rádio, TV, folders, jornais);

* 23 a 27 de agosto – Atividades nas escolas com palestras e distribuição de folders e revistas para as crianças;

* 28 de agosto - Programação geral nos 44 pólos, com atividades diversas (passeatas, carreatas e palestras);

* 29 de agosto - Oficinas profissionalizantes direcionadas para mulheres da comunidade visando sua valorização pessoal e auto-estima.

* 27 a 29 agosto – Um pólo especial sendo realizado na cidade de Barreirinhas no Posto Sibte

MUITO IMPORTANTE DIVULGAR ESSES TIPOS DE PROJETOS QUE SÓ VENHA AGREGAR VALORES IMPORTANTES QUE UMA MULHER OU UMA CRIANÇA TEM NA SOCIEDADE, ADORO PARTICIPAR DESSA INICIATIVA, ENQUANTO ESTIVER AQUI NESSA TERRA VOU AJUDAR COM A MINHA MÍDIA Á ESSES GRANDES PROJETOS, PRECISAMOS ACABAR COM ISSO, COM ESSA POUCA VERGONHA, MULHER NASCEU PARA SER BEM TRATADA, PARA SER UM EXEMPLO DE SER EXCEPCIONAL. AGRADEÇO DE CORAÇÃO A AMIGA E JORNALISTA DE SÃO PAULO- TATIANE LOPES QUE SEMPRE ME ENVIA ESSAS INFORMAÇÕES PARA EU DIVULGAR AQUI NO NOSSO MARANHÃO. OBRIGADO E MULHERES NÃO FIQUE CALADAS, DENUNCIE. UM BOM DIA MARAVILHOSO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO.