Coluna Top Social!

Coluna Top Social!
Coluna Domingo Top no Jornal Extra!

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

NOTÍCIA - COMEMORATIVA.

Hoje é o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS por Redação DO SITE DOLADO.
Conheça os números mais recentes no Brasil além de dicas básicas de prevenção e diagnóstico. Faz quase 3 décadas que a AIDS existe e há 25 anos os cientistas já sabem sua origem e formas de contágio, mas ainda não há cura. O Dia Mundial da Luta Contra a AIDS é comemorado todo 1º de Dezembro, como uma data importante para relembrar a importância da cura, sem deixar de lado dois fatores igualmente importantes: o fim do preconceito contra soropositivos e a conscientização do sexo seguro. O Dolado também está na Luta Contra a AIDS (Foto: Reprodução / Todos Contra o Preconceito) Números da AIDS no BrasilDados preliminares divulgados pelo Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde, revelaram os números recentes sobre a infecção do vírus pelo Brasil. De acordo com o relatório dos infectados em 2009, com idade igual ou superior a 13 anos, a maior quantidade de casos é por relação sexual. Os homens lideram a lista, sendo que os heterossexuais correspondem a 1.659 de novos casos, seguidos dos homossexuais com 647 e por último os bissexuais com 264. O relatório não apresenta dados de infecções por mulheres homossexuais ou bissexuais, mas as mulheres heterossexuais figuram com 1.919 novos casos em 2009. Entre 1980 a 2009 os casos de AIDS no Brasil, em homens com idade igual ou superior a 13 anos, totalizam 92.289 em heterossexuais, 62.203 em homossexuais e 36.147 em bissexuais. Já em mulheres o total é de 131.624 entre heterossexuais. Se manter informado e atualizado é a melhor forma de driblar o preconceito e ter uma vida sexual segura. O Dolado selecionou dicas básicas do site http://www.todoscontraopreconceito.com.br/, uma iniciativa do Ministério da Saúde para lutar contra o preconceito sofrido pelos infectados, para esclarecer algumas dúvidas. A melhor demonstração de amor é a proteção. Use camisinha! Formas de ContágioComo o vírus da AIDS está presente no sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno, a doença pode ser transmitida de várias formas:· Sexo sem camisinha. Por ser vaginal, anal ou oral.· De mãe infectada para filho durante a gestação, o parto ou a amamentação,· Uso da mesma seringa ou agulha contaminada por mais de uma pessoa,· Transfusão de sangue contaminado com o HIV,· Instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados. Sintomas da AIDSA AIDS não se manifesta da mesma forma em todas as pessoas. Mas os sintomas iniciais geralmente são semelhantes e comuns a outras doenças. Os mais frequentes são febre persistente, calafrios, dor de cabeça, dor de garganta, dores musculares, manchas na pele, gânglios ou ínguas embaixo do braço, no pescoço ou na virilha e que podem levar muito tempo para desaparecer. Com a progressão da doença e o comprometimento do sistema imunológico, surgem doenças como tuberculose, pneumonia, alguns tipos de câncer, candidíase e infecções do sistema nervoso (toxoplasmose e meningites, por exemplo). Na dúvida, faça o testeO diagnóstico da infecção pelo HIV é feito por meio de testes, realizados a partir da coleta de sangue. No Brasil, temos os exames laboratoriais e os testes rápidos, que detectam os anticorpos contra o HIV em até 30 minutos a partir de uma gota de sangue da ponta do dedo. Esses testes são realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) gratuitamente. Nos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA), unidades da rede pública, os exames podem ser feitos inclusive de forma anônima. Saber do contágio pelo HIV precocemente aumenta a expectativa de vida do soropositivo. Quem busca tratamento especializado e segue as recomendações do médico ganha em qualidade de vida. Além disso, as mães soropositivas que forem orientadas corretamente e seguirem o tratamento recomendado durante o pré-natal, parto e pós-parto reduzem as chances de terem filhos HIV positivos. Por isso, se você passou por uma situação de risco, como ter feito sexo desprotegido, faça o exame!
ABRAÇÃO E VAMOS SE PREVENIR GALERA.
WILLIAM SANTOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MUITO OBRIGADO PELO SEU COMENTÁRIO.